Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Resenha Literária – FANGIRL

Pra quem gosta de leituras esse aqui é o cantinho do blog dedicado aos livros, resenhas, indicações literárias e tudo mais!  Hoje eu trouxe a resenha do último livro que li, e se vocês quiserem saber um pouquinho mais do que achei, é só continuar lendo o post.

Livro fangirl

Sinopse:
Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real.

Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências.

Fangirl resenha

Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Sobre o livro: Cath passou a vida inteira fazendo tudo ao lado da irmã gêmea Wren, e quando a irmã simplesmente decide que quer viver novas experiências separada dela, Cath se vê perdida, tendo que lidar com novos habitos, em um novo lugar, longe do pai e da irmã.

É um draminha meio exagerado na cabeça dela, mas o problema é que pra Cath isso tudo é muito difícil, porque a menina é super anti-social e passa a maior parte do tempo imersa no mundo fictício de Simon e Snow. A leitura é super leve e divertida, tem momentos que você simplesmente não consegue desgrudar do livro, a autora sabe muito bem como criar cituações que te prendem.

No final de cada capitulo tem sempre uma página com pedaços da fanfic que Cath escreve, eu não sei muito bem qual era o propósito disso, mas pra mim foi desnecessário (e chatinho).

Eu confesso que fiquei meio decepcionada com o final, eu esperei algo mais elaborado ou até mesmo melhor contado, achei que ficou faltando muita coisa, muitos detalhes. A sensação que eu tive foi como se ela tivesse que terminar o livro  logo e colocou qualquer coisa.

Fangirl resenha com spoilers

Sobre a personagem principal:

Eu não achei o personagem da Cath muito carismático, tem certos momentos que eu simplesmente queria bater na garota, por ela não conseguir largar o mundo fictício e viver situações reais, mas as atitudes dela de alguma forma acabam sendo muito comum entre nós, leitores, “pessoas reais”…

As vezes é muito mais fácil viver dentro de um mundo de ficção, onde conseguimos ser outras pessoas pra fugirmos dos nossos medos e inseguranças (afinal é pra isso que existe o mundo dos livros, não? haha) é como uma válvula de escape.

E pra Cath o mundo mágico de Simon e Snow é exatamente isso, um refugio, um lugar onde ela consegue ser outra pessoa, a pessoa que ela queria ser. Quem nunca. Mas duas coisas me fizeram gostar bastante da personagem, uma delas é o fato dela amar incondicionalmente o pai e a irmã, a relação que ela tem com os dois é muito bonita, a forma como se importa e se doa pra eles, outra coisa foi o fato de que apesar dela ter mudado com o decorrer do livro, ela não deixou de lado as características positivas que definem a personalidade dela.

Sobre os personagens secundários:  Gente, preciso confessar pra vocês que eu gostei mais dos personagens secundários do que da principal.   Reagan é a amiga de quarto de Cath, super #porraloca, personalidade forte, e (diferente de Cath) super auto-confiante, é dificil não gostar dela mesmo com toda sua exentricidade (talvez isso foi o que mais me fez gostar dela).

O que falar do pai da Cath?

Eu me identifiquei muito (porque ele é Publicitário assim como eu) é super desligado e meio doidinho, e acaba arrancando muitas risadas da gente, sem contar na relação que ele tem com a Cath que tá mais pra dois amigos.  Wren (irmã gêmea) acaba passando por um periodo nebuloso no livro, desenvolvendo uma personalidade mais rebelde do tipo “vou tocar o foda-se“, tem horas que da vontade de bater na menina, mas ela foi parte importantissima da mudança de Cath, ou melhor dizendo, da mudança das duas! Mas meu personagem favorito sem dúvidas foi o Levi, o garoto é simplesmente apaixonante, não sei dizer ao certo o porque, mas eu amei o menino!

NA MINHA CABEÇA Ele é uma mistura das características físicas e personalidade do Toby (Pretty little liars)  com o Sebastian (The carrie diaries) talvez por isso eu tenha gostado tanto dele…  além do fato dele ser a gentileza em pessoa, carismático e todo sorrisos, ainda por cima é um nerd enrrustido que fica jogando charminho mesmo sem querer. (fofo, fofo, fofo).

Conclusão: Eu gostei bastante do livro e me identifiquei com a maioria dos personagens, mas eu realmente esperei mais do final da história. A capa do livro é MARAVILHOSA, a combinação das cores, tudo, eu amei, muito amorzinho.

E agora fiquei bem mais ansiosa pra ler Eleanor e Park (O livro mais bem falado da autora).

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Average: 0]
Avatar

Mariana Poli

Criei esse blog para distrações e passar dicas. Gosto muito do mundo virtual e as novas amizades. https://tanzania-travel-templates.net/sobre/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo